O PROJETO PERFEITO DE DEUS

Famílias fortes compõem igrejas fortes. Jesus Cristo é a Cabeça e a igreja o Seu corpo sobre a terra (Ef 1.22; 4.15). Ela é composta por famílias. Se elas são estruturadas e cheias do Espírito Santo, o impacto da igreja na sociedade é profundo e transformador. “O Senhor te confirmará para si como povo santo, como te tem jurado, quando guardares os mandamentos do Senhor teu Deus e andares nos seus caminhos”, disse Moisés (Dt 28.9). Desde a criação do homem, o propósito do Pai era, e ainda é, abençoar os seres humanos através de um relacionamento de amor e santidade. Entretanto, desde o Éden, as famílias tem sido alvo de ataque do inimigo para que o propósito de Deus sobre a terra seja frustrado. Para roubar do homem a felicidade, o diabo tocou na sua santidade, tirando-o do caminho e da comunhão com Deus. Adão e Eva desobedeceram e pecaram contra Ele e desde então, as famílias tem colhido o fruto daquela má semeadura. “Maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida” (Gn 3.17-19). Esta não era a vontade do Eterno, mas foi a escolha que o homem fez para si. O Pai criou todas as coisas perfeitas e abençoou a terra para que ela expressasse a Sua glória e desse ao homem toda provisão necessária para uma vida feliz e abençoada. O Éden era o projeto de um lar perfeito, contudo, o homem conseguiu estragá-lo. Mas Deus nunca desiste de nós! Ele chamou Abraão e fez-lhe uma promessa. “Anda em minha presença e sê perfeito. Quanto a mim, eis a minha aliança contigo: serás o pai de muitas nações e em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12.3; 17.1,4). A mesma promessa de bênçãos Ele deu às famílias hebréias e têm dado a nós nestes dias. A diferença é que eles possuíam uma promessa, nós temos o cumprimento dela. Jesus Cristo morreu na cruz e ressuscitou, resgatando a nossa comunhão e as bênçãos perdidas. Tudo está ao nosso alcance. A felicidade que desejamos está nos caminhos de santidade que Deus traçou para nós, para nossas famílias e igrejas. Tornemos, portanto, às Suas veredas.


Ministérios


Notícias


DEVOCIONAIS EM VÍDEOS